segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

RuActiva




«A identidade das cidades depende das suas vivências, das actividades implementadas e funções desempenhadas, sobretudo ao nível da Rua.» A 8 de dezembro, dia das montras em Ponta Delgada, o comércio tradicional é responsável por um concurso que envolve uma série de lojas e criam-se dinâmicas que envolvem a comunidade em geral. O arraial monta-se cedo e estende-se pela noite fora. Cria-se um cenário de festa onde a animação se dirige às muitas pessoas que vêm à cidade à procura do que ela tem para oferecer nesta época de Natal.





«A proposta RuActiva pretende reconstruir a cidade, através de acções capazes de restabelecer a dinâmica social e revitalizar a economia local. E asim, estimular e implementar ideias empreendedoras, projetos culturais e intervenções artísticas, em contacto directo com o público, são o  principal objectivo desta iniciativa. Para tal, propõe-se, anualmente, desenvolver, junto da comunidade, uma acção dedicada à requalificação dos centros urbanos, através da (re)ocupação temporária de espaços actualmente inactivos – os pisos térreos e suas montras.» Foi no âmbito da  RuActiva que os Urbansketchers Portugal Açores participaram dando uma nova pele a um piso térreo da cidade. Aproveitámos para divulgar o coletivo e homenagear a Inês Peixoto, uma jovem fundadora do grupo e pessoa apaixonada pelo desenho que... nos deixou subitamente. 

No final, a equipa estava exausta (porque foi tudo demasiado intenso e rápido) mas, feliz por ter conseguido dar conta do recado.

Fotocredit: Carlos Melo
Mais fotografias aqui.

sábado, 9 de dezembro de 2017

30º Encontro USkP Açores | Igreja de São José


Ana Fernandes (Ponta Delgada, 1964). Técnica de Conservação e Restauro, pelo Centro de Estudos, Conservação e Restauro dos Açores. Licenciada em Património Cultura, pela Universidade dos Açores. Coordenadora da coleção de Arte Sacra, do Museu Carlos Machado. Membro do Serviço Diocesano dos Bens Culturais da Igreja, da Diocese de Angra.

Pedro Pascoal de Melo (Ponta Delgada, 1961). Licenciado em Estudos Portugueses e Ingleses e em Património Cultural, pela Universidade dos Açores. Pós-graduado em Património, Museologia e Desenvolvimento, pela Universidade dos Açores. Investigador do CITAR/Universidade Católica Portuguesa. Membro do Instituto Cultural de Ponta Delgada.


Responsáveis pelo inventário do Património Móvel e Integrado da igreja de Nossa Senhora da Conceição/Paroquial de São José. Coautores do livro Igreja Paroquial de São José (Nossa Senhora da Conceição): Património móvel e integrado (Ponta Delgada: Paróquia de São José, 2013).
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
etiquetas: 
- Encontro 30 USk PORTUGAL Açores
- Igreja de São José
- Açores

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Desenhar com (V) Beatriz Brum


Desenhar com (V) Beatriz Brum_#01


O encontro foi na Lagoa, no Ateliê da Beatriz Brum e do João Ramos. Foi engraçado, logo de inicio apareceram dois Estrangeiros que vinham à nossa procura para participarem no desenhar com (V), a Cathy Prior dos USk New York e o Jim de Martino do Connecticut, foram muito simpáticos connosco. A Anfitriã recebeu-nos calorosamente com simpatia e um lanchinho que nos acompanhou durante toda a tarde. Após mostra de trabalhos e explicação do seu processo criativo a Beatriz desafiou-nos propondo um desenho feito por camadas. 
À falta de luz, porque o dia estava cinzento e chuvoso, a Beatriz propôs-nos que, em vêz de procurarmos isolar as superficies iluminadas, destacando-as dos elementos percecionados por nós, desenhássemos como habitualmente e numa segunda camada (transparente) destacássemos alguns elementos. Resolvi o meu exercício, simplificando por nivelamento as superficies e a cor apliquei-a por associação tipológica ou cromática com a realidade ou simbologia.

(Aguarela, grafite, caneta caligráfica, carimbo, lápis de cor e marcador)                                                                                                         «in situ»

quarta-feira, 29 de novembro de 2017